beauté destaques

Pele para o verão: natural, com boa cobertura e sem derreter

Para muitas pessoas maquiagem e calor são duas coisas que não combinam. Eu mesma, naqueles dias que parece que vou derreter (tá fazendo um calor além do normal, né gente?) o primeiro pensamento é exatamente esse: “Não vou passar naaada” – só que mesmo com muito calor, suor eu quero manter a dignidade kkkk – sou super a favor de “zero make” – só que dependendo do dia, minha pele fica super vermelha e eu, particularmente, não gosto de ficar assim, me incomoda e por isso não dá para abrir mão de base – ou até mesmo só corretivo.

Só que no verão não dá para seguir o mesmo procedimento que uso em outras estações. Com esse calor senegalesco tudo derrete, a pele se comporta de maneira de diferente e adaptação é a palavra.

Tenho pele normal a seca e não abro mão do hidratante (ninguém pode, né?) A limpeza e hidratação da pele continuam as mesmas, mas a maneira de me maquiar, não. No verão, a pele tende a ficar mais oleosa e, por isso, algumas coisas precisam ser adaptadas.

Confesso que muitas vezes esqueço do filtro solar, mas no verão ele fica meu amigo e nos vemos todos os dias. Tenho usado e amado esse “Ideál Soleil”da Vichy com toque seco, FPS 30. Deixa a pele linda e suave, nada melecada. Com a pele limpa e hidratada, espalho por todo o rosto até absorver tudo. Tem a versão com cor dele também, mas tenho usado apenas esse.

Começando a maquiagem, o meu mantra principal para o verão é: ESQUEÇA O PÓ! Nunca havia me maquiado sem pó, para mim ele é o que sela a make, tira brilho em excesso etc, só que nos dias quentes, com suor, ele vira um pasta, levando sua base de baixo e criando manchas. Por isso, aboli o pó oficialmente até o outono. O ideal é usar aquela base com a cobertura que você quer (baixa, média, alta) e com com a função que o pó teria, como por exemplo, efeito matificado, fixação etc

Testei várias e a melhor base, para minha pele nesse verão, é essa da i a Base Líquida Efeito Matte. Ela seca rápido e, mesmo sendo matte, deixa a pele com viço, sem aquela aparecência de reboco mesmo a cobertura sendo ótima (média para alta)

Uso a Bege 02 porque ela neutraliza muito minha vermelhidão.

Além de ter boa cobertura, efeito com viço e espalhar bem, ela ainda dura horrores! Fico o dia todo com ela, sem problemas. Ela não derrete se você suar e nem transfere nos óculos, no celular… ideal levar um lencinho na bolsa para enxugar suor em áreas específicas como buço, testa e evitar que a make vá indo embora.

Gosto muito também da base ColorStay da Maybelline, mas ela transfere um pouco. Por isso só tenho usado essa da Vult.

Para aplicar base e todo o resto, Beauty Blend. Sou apaixonada pela esponjinha e o acabamento que ela dá é impecável. É importante ela estar úmida! Comprei a esponjinha de silicone que tá bombando por aí, e quando chegar digo o que achei!

Borrifo um pouco de água nela, tiro o excesso e vou dando batidinhas até tudo ficar homogêneo.

E aí parto para o corretivo. Muitas vezes uso só base mas tem dias que uso só corretivo nas áreas mais vermelhas. Meus dois queridinhos do momento são esses dois: o Clé de Peau (ganhei da minha amiga Ale <3) – que é o corretivo mais fininho, com boa cobertura – que já conheci – e o MAC Prep+Prime na cor Radiant Rose. Ele é um corretivo iluminador e gosto de dar um “up” na região abaixo dos olhos. Gosto muito do Nars também, mas tá acabando … :'(

Sabe uma pessoa que nunca achou que fosse querer usar blush? EU! Por ser vermelhinha, achava que a região “de saúde” não poderia ter a cor “natural” – tapava tudo com base, passava contorno, iluminador e nada nas bochechas. Até que eu comecei a analisar fotos de make e perceber que blush – se usado de uma forma correta – dá um ar todo especial! Agora não vivo sem, mas como estou “zero pó” para o dia-a-dia, arrematei esse blush mousse da Maybelline e estou apaixonada!

Também com a Beauty Blender, pego um pouco do potinho e vou dando batidinhas na área que salta da bochecha quando sorrio (sim, tem que sorrir para passar blush!)

Esse tem um tom rosadinho fofo, mais quente. Não tem nome porque tirei a etiqueta u_u – mas ele é salmãozinho, bem fofo.


Amo iluminador e não abro mão. Tirei esse em bastão da Natura da gaveta e tenho usado todos os dias. Ele não era meu preferido porque não havia descoberto um jeito de passá-lo, na verdade.

Eu passava o bastão direto na pele e ia dando batidinhas com os dedos. Ok, até dá certo mas não achava nada demais. Até que tive a ideia de esfregar a Beauty Blender (sim, a uso para todos os passos da make) e dar batidinhas na voltinha externa dos olhos até a bochecha. <3

Para os olhos, nada de sombra (ou alguma em stick, cremosa) e rímel – porque rímel traz muita dignidade! Mas como o post é de pele, falo dos outros produtos em outro post, se vocês quiserem!

Espero que tenham gostado do primeiro post “beleza” – estou super animada e espero as dicas de posts que vocês vão querer ver por aqui!

Beijossss

Você também poderá gostar

No Comments

Leave a Reply